Esta Medida Aplica-se a Operações de Limpeza da Floresta, Reflorestação, Certificação ou Planos de Gestão Florestal

Entrou no dia 14 de Fevereiro a Portaria n.º 61/2019, que define as regras dos novos benefícios fiscais aplicáveis aos encargos com operações de limpeza da floresta, reflorestação e adaptação às alterações climáticas.

Estas despesas passam a ser aumentadas em 40%, em sede de IRC e IRS, de forma a incentivar o ordenamento e gestão florestal e a prevenção e apoio ao combate de incêndios florestais.

De acordo com o diploma, as despesas têm de ser executadas por sujeitos passivos de IRC e de IRS, com contabilidade organizada, que executem atividades silvícolas e florestais.

Com o aumento das despesas em 40%, aumenta-se, para efeitos de impostos, o valor que será dedutível à matéria coletável.

PORTARIA Nº 61/2019

Para mais informações, contacte-nos!

Estágios Profissionais

Esta é uma medida que se concretiza no apoio à (re)inserção profissional dos seus destinatários através do desenvolvimento de uma experiência de formação prática em contexto de trabalho, tendo a  duração de 9 meses, não prorrogáveis.

Assim, a AEP – Associação Empresarial de Penafiel, informa, que por deliberação do Conselho Diretivo do IEFP, foram aprovados para o ano de 2019 os seguintes períodos de candidatura à medidas Estágios Profissionais:

→  1º Período: 1 de Fevereiro a 4 de Março de 2019
→  2º Período: 2 de Maio a 3 de Junho de 2019
→  3º Período: 2 de Setembro a 2 de Outubro de 2019

As candidaturas podem ser apresentadas a partir das 9:00 do dia de abertura até às 18:00 do dia de encerramento de cada período.

Calendário de candidaturas 2019:
DELIBERAÇÃO Nº I/DLB/434/2018/CD

Para mais informações, contacte-nos!

Assinado Protocolo para a Criação de Centro de Negócios e Gabinete do Investidor

No passado dia 13 de Outubro, a cerimónia do primeiro ano de mandato do Município de Penafiel ficou marcada pela celebração do protocolo entre a AEP – Associação Empresarial de Penafiel e a Câmara Municipal de Penafiel que prevê a criação de um centro de negócios e do gabinete do investidor.

O Presidente da Direcção da AEP, Pedro Bessa, assumiu que a concretização destes dois espaços  são o corolário de uma estratégia de entendimento que tem existido entre a autarquia e a associação.

“A Associação Empresarial de Penafiel tem tido um trabalho de grande proximidade com a Câmara de Penafiel que tem permitido desenvolver projectos que vão o contribuir para o  aumento da riqueza, do emprego, e para a dinamização do concelho e a criação de centenas de postos de trabalho em Penafiel”, afirmou, garantindo que a criação de redes e sinergias entre instituições é fundamental para fazer face aos novos desafios com que as associações, o tecido empresarial estão confrontados.

“Os países concorrem entre si, as regiões concorrem entre si e os municípios não fogem à regra. Só os mais audazes, os mais aptos, os mais capazes e destemidos, os mais solidários e cooperantes poderão vingar neste mundo cada vez mais global em que não cabem coutadas ou vaidades individuais”, atalhou, avançando que o projecto centro de negócios desenvolvido em parceria entre a Câmara de Penafiel e a AEP surge como ponto de partida da corporização de uma nova estratégia em Penafiel.”

Fonte: Verdadeiro Olhar

CM Penafiel: "1 Ano de Mandato – 1000 Empregos"

Decorreu, ontem, no Salão Nobre da Câmara Municipal de #Penafiel, a assinatura de vários contratos de investimento para a criação de 1000 postos de trabalho diretos, com o apoio da autarquia. #forumtv #meo300721 Câmara Municipal Penafiel

Publicado por Forum TV em Domingo, 14 de Outubro de 2018

 

Protocolo assinado em Penafiel vai permitir criar mil postos de trabalho

Assinado protocolo para a criação de mil postos de trabalho em Penafiel.

Publicado por Jornal A VERDADE em Sábado, 13 de Outubro de 2018

 

 

A AEP – Associação Empresarial de Penafiel, informa que estão abertas as novas fases de candidaturas de sistemas de incentivos à Qualificação e Internacionalização para a sua empresa.

Qualificação

(incentivo não reembolsável de 45% )

Este incentivo procura reforçar a capacitação empresarial das PME através da inovação organizacional, aplicando novos métodos e processos organizacionais, e incrementando a flexibilidade e a capacidade de resposta no mercado global, com recurso a investimentos imateriais na área da competitividade, e aumentar a qualificação específica os ativos, em domínios relevantes para a estratégia de inovação, internacionalização e modernização das empresas.

Prazo limite
dia 28 de Setembro

Despesas
Inovação de marketing ou inovação organizacional; Economia digital; Criação de marcas; Qualidade. Despesa mínima elegível é de 25 mil euros.

Concurso para apresentação de candidaturas:
Aviso nº26/SI/2018 QualificaçãoPME

Internacionalização

(incentivo não reembolsável de 45% )

Este incentivo procura reforçar a capacitação empresarial das PME através do desenvolvimento dos seus processos de qualificação para a internacionalização, valorizando os fatores imateriais da competitividade, permitindo potenciar o aumento da sua base e capacidade exportadora.

Prazo limite
dia 31 de Outubro

Despesas
Participação em feiras; Viagens de prospeção; Estudos de Mercado; Stands. Despesa mínima elegível é de 25 mil euros.

Concurso para apresentação de candidaturas
Aviso nº27/SI/2018InternacionalizaçãoPME

 

Apoiamos o enquadramento do seu projeto, contacte-nos!