Input Turismo

Alojamento Local

Casa Valxisto Recomeça com Duas Novas Suites num Privilegiado Território da Natureza

O concelho de Penafiel tem vindo a desenvolver-se na área do turismo, quer seja pela aposta na promoção dos seus recursos naturais, na sua conservação e na forma como recebe os seus visitantes, designadamente na oferta de unidades de alojamento local de excelência.

Pelas várias freguesias podemos encontrar diversas soluções, e na aldeia preservada de Quintandona, na freguesia de Lagares, não podemos deixar de falar na Casa Valxisto.

Das primeiras apostas no turismo rural do concelho de Penafiel, Ana Oliveira, uma das primeiras empreendedoras em turismo rural do concelho de Penafiel, preparou desde há uma década um espaço distinto, familiar e que privilegia a natureza em todos os pormenores.

A Casa Valxisto conta com uma dezena de quartos e suites que trazem o turismo de glamour ao encontro das vinhas e produção agrícola.

As famílias não resistem a trazer as crianças a explorar a natureza com toda a segurança que o momento exige, seja pela quinta fora, na exploração agrícola, seja no acesso a áreas comuns que a pandemia veio obrigar.

E foi pelo impacto da pandemia que chegou em março de 2020, que a revista #Input foi conversar com a impulsionadora do espaço, Ana Oliveira. Uma apaixonada pelo turismo de proximidade e de natureza, contou as dificuldades vividas ao longo dos últimos 18 meses.

“Em março de 2020 o medo e a incerteza chegaram de uma forma que não tivemos dúvidas que o melhor seria fechar e colocarmo-nos todos em segurança. Dois meses após o encerramento e os apoios escassos começamos a perceber que o momento ia ser delicado, mas não desanimámos, pelo contrário. Foi mesmo aí que avançámos para a expansão do nosso espaço, a construção de duas novas suites”, começou por explicar a gerente.

“O verão de 2020 foi bom, as pessoas procuravam locais de natureza e por isso retomámos de forma muito positiva. O pior veio depois. Outubro chegou como uma guerra para o hospital de Penafiel, as notícias espalharam-se pelo país e em apenas dois dias ficamos sem um único cliente até ao final do ano. Em janeiro, já em desespero e com os apoios quase nulos para a nossa empresa (não fomos obrigados a fechar), tememos o pior e até março de 2021 vivemos o pior momento de sempre no nosso projeto”, explicou emocionada Ana Oliveira.

As energias foram renovando com as obras a avançar e com o desconfinamento a dar um novo fôlego.

O mês de junho foi o abrir de portas para um verão que está a ser “maravilhoso. Estamos com a lotação máxima e com boas perspetivas para o futuro. Sempre com o receio da sociedade ter de recuar, mas confiante que o melhor está para vir”, avança sorridente.

Sobre este retomar e o comportamento da sociedade, há medos que sobressaltam. “No ano passado o cuidado das pessoas era notável. Este ano percebemos que o desgaste é muito e por vezes temos de lembrar as regras para que possamos continuar em segurança”, afirmou.

No que toca aos apoios ao negócio, Ana Oliveira explicou que para o caso da empresa foram poucos, no entanto realça o apoio local da Associação Empresarial de Penafiel “porque estiveram sempre próximos de nós e de todos os associados. As informações chegavam-nos a tempo e horas, e sentimos que podíamos contar com a AEP”, evidenciou.

Para o futuro da Casa Valxisto, Ana Oliveira está “confiante. As nossas duas novas suites abrem portas neste novo retomar e só pode querer dizer que o futuro será melhor. Recomeçaremos positivos e certos de que os clientes vão continuar a escolher a nossa casa, a nossa «família» para viverem momentos inesquecíveis”, finaliza a empreendedora que sorridente mostra que o “pior já passou”.

A Casa Valxisto oferece ainda o melhor dos sabores tradicionais e locais com uma sala com capacidade para almoços e jantares, num ambiente próximo, familiar e de requinte. Uma escolha de sucesso para visitar em Penafiel.

www.valxisto.pt